Contactos | recursos humanos
NOTÍCIAS

Auto-estrada do Marão
A AM (Açomonta) viu-lhe adjudicada a finalização do troço do IP4 entre Amarante e o Túnel do Marão, cuja entidade executante é a Opway, S.A. Esta é uma obra que já tinha sido iniciada por nós em 2009 com a anterior entidade executante e muito nos satisfaz finalizá-la. Para terminar este troço iremos ainda aplicar cerca de 1500 toneladas de aço em armaduras ao longo dos próximos 9 meses.

Ampliação do Pine Cliffs Hotel em Albufeira
A Neocivil, S.A. é uma empresa do Grupo MSF que exerce a sua actividade em obras na região algarvia e que adjudicou recentemente à AM (Açomonta) a empreitada de ampliação do Hotel Sheraton Pine Cliffs em Albufeira. Ao longo dos próximos 6 meses serão aplicadas cerca de 1400 toneladas de armaduras de estacas e de armaduras ordinárias.

NOVAS OBRAS EM CARTEIRA

No início de Outubro, Mota-Engil adjudicou a AÇOMONTA duas novas obras em carteira. Falamos das Empreitadas de Modernização da Escola Secundária do Pinhal Novo com uma quantidade estimada de 230 toneladas, e da Empreitada de alargamento da A1 no sublanço Carvalhos/Santo Ovídeo com uma aplicação estimada de 1330 toneladas de armaduras gerais e de cerca de 460 toneladas estacas de aço.
A AÇOMONTA continua assim a afirmar a sua presença nos principais projectos estruturantes que desenvolvem o nosso país.

Na segunda quinzena de julho demos início a produção de estacas na nova unidade de Duque de Caxias, estado do Rio de Janeiro.
A capacidade de produção da máquina CM – 1100, da Schnell, é de 150 ton / mês para diâmetros de 350 mm a 1100 mm.
Também iniciaram – se os trabalhos de corte e dobra de armaduras, em nossa máquina Schnell  Sharlline 150, cuja capacidade de produção é de 400 ton / mês.
Este é mais um grande passo que a Açomonta dá para se consolidar no exigente mercado brasileiro.

CONSTRUÇÃO DO PESTANA MAR HOTEL EM ALVOR

A Ródio Portugal, um dos nossos clientes mais antigos, adjudicou à AM (Açomonta) a subempreitada de fornecimento de estacas de aço, para a construção do Pestana Mar Hotel em Alvor - Portimão. As quantidades estimadas de armaduras em estacas de aço A500 NRSD são de 295 toneladas.

EXPANSÃO DA FÁBRICA DA RIABLADES EM VAGOS

A Riablades é uma referência a nível de produção de aerogeradores em Portugal e está a expandir a sua fábrica sita em Vagos no distrito de Aveiro.
A Constructora San José, S.A. irá implementar na obra de expansão 135 toneladas de armaduras de estacas a partir de aço A500 NRSD, cuja empreitada foi adjudicada à AM (Açomonta).

CONSTRUÇÃO DO CENTRO DE ARTES E TECNOLOGIA DA FUNDAÇÃO EDP EM LISBOA

O consórcio MSF/Somague adjudicou à AM (Açomonta) o fornecimento de armaduras de estacas para a obra de construção do Centro de Artes e Tecnologia da Fundação EDP em Lisboa. Um edifício verde que no final da sua construção terá uma certificação LEED (relativa à sustentabilidade ambiental).

Esta obra terá uma duração aproximada de 5 meses e no total serão aplicadas 345 toneladas de aço A500NRSD em armaduras de estacas.

EXTENSÃO DA CERTIFICAÇÃO EM FRANÇA

A AM (Açomonta) orgulha-se de anunciar que foi atribuída a extensão da certificação à fábrica de Rèdange (França) para armaduras de estacas soldadas.

O certificado AFCAB foi revisto e tem agora o número A12/123 rév 3, abrangendo as operações de corte, molde de armaduras em aço e produção de armaduras de estacas soldadas.

TÉRMINO DA EMPREITADA DE CONSTRUÇÃO DO LOTE 3 DA SUBCONCESSÃO DO PINHAL INTERIOR

No final do passado mês de Maio terminou a construção do lote 3 da subconcessão do Pinhal Interior, onde a AM (Açomonta) aplicou 16.000 toneladas de armaduras de aço nos vários viadutos.

O prazo de construção desta obra iniciada em Abril de 2012, era bastante apertado e foi conseguido em 23 meses com o esforço do consórcio Opway/Mota-Engil e o apoio de todos os subempreiteiros envolvidos.

Na construção dos sete viadutos que integram esta obra, foram utilizadas diversas técnicas de construção e equipamentos, desde vigas de lançamento a carros de avanço.

AÇOMONTA TOGO

A Obra em Lomé do Terminal de Contentores foi subcontratada à AÇOMONTA TOGO pela CYES SOMAGUE JV SARL, em 21 de Maio de 2013, para as actividades de fornecimento de aço, corte e moldagem de armaduras e estacas, estando prevista a quantidade de 11.000 Ton.
Até ao fim do mês de Abril de 2014 a AÇOMOTA TOGO vai concluir a montagem de:

  • 963 ml de parede moldada com 1,2m de espessura;
  • 963 ml de parede de ancoragem com 0,8m de espessura;
  • 325 estacas com um diâmetro de 1,2m.

A partir de 17 de Abril iniciar-se-ão os trabalhos da viga de coroamento do cais que deverão estar concluídos até ao fim do mês de Setembro 2014.
Os trabalhos das lajes de pavimento do cais serão iniciados a 5 de Maio 2014.

Abril 2014

EMPREITADA DE CONSTRUÇÃO DO CENTRO DE SAÚDE DE ALGÉS

A AM (AÇOMONTA) vai dar início à sua participação nas obras de construção do Centro de Saúde de Algés.  
A AM foi contratada pela Comporto, S.A. para o fornecimento, corte e moldagem de estacas, estando previsto executar entre 157 e 163 estacas. 

Abril 2014

EMPREITADA DE CONSTRUÇÃO PARA A EXPANSÃO DO TERMINAL XXI - SINES

A AM (AÇOMONTA) vai dar início à sua participação nas Obras de expansão do Terminal de Contentores de Sines (Terminal XXI), que irá permitir aumentar a capacidade do terminal de 1.100.000 TEU´s/ano para 1.700.000 TEU´s/ano. O investimento nesta obra é de cerca de 89 milhões de euros e irá permitir aumentar o cais de 730 para 940 metros.
A AM foi contratada pela Mota-Engil para o fornecimento, corte e moldagem de armaduras e estacas, estando prevista a quantidade de 848 Ton para as armaduras e 532 Ton para as estacas.
As obras de expansão do Terminal XXI deverão terminar no final do corrente ano.

Abril 2014

AÇOMONTA BRASIL É NOVA ASSOCIADA DA CÂMARA PORTUGUESA DO RIO

A Açomonta Brasil, é uma filial da Açomonta Sociedade de Armaduras, com sede em Lisboa, actuando há 35 anos em toda a Europa.

Ao completar o seu primeiro ano de Brasil actuando com corte, dobra e aplicação de armaduras de aço na Vila dos Atletas, na Barra da Tijuca, como subempreiteira da Odebrecht, a empresa adquiriu experiência no mercado local e, por este motivo, ampliou a sua unidade fabril para atender ao mercado cada vez mais crescente.

A Açomonta quer ser parceira de outras empresas nos canteiros de obra, sejam eles pequenos, médios ou de grande porte.

A empresa conta hoje com equipamentos de ponta, todos importados, que podem ser montados no canteiro de obra para implementar os processos de corte e dobra de aço e tem equipas altamente qualificadas, motivadas e comprometidas com o processo de aplicação de armaduras para cumprirem os cronogramas de execução.

NOVA PASSAGEM PEDONAL DO FORTE DA CASA É UMA OBRA AÇOMONTA

Obra de grande complexidade, onde uma das sete peças do tabuleiro tem 35 metros e pesa quase 100 toneladas

A passagem superior pedonal que permite o acesso de peões entre a vila do Forte da Casa e o caminho ribeirinho é uma obra de engenharia com alguma complexidade e contou com a colaboração da Açomonta. A montagem da estrutura com uma extensão de 220 metros está na fase inicial após ter sido colocado o último tabuleiro. “É uma estrutura única no concelho, que utiliza uma técnica de construção diferente, mais rápida, e foi uma obra que para a câmara municipal foi também de aliciante execução”, explica António Oliveira, vereador das obras e infraestruturas da Câmara de Vila Franca de Xira.
O vereador explica ainda que esta é uma obra “de risco” por atravessar a Estrada Nacional 10 e a linha de caminho-de-ferro do Norte. Mas assegura que o sistema de segurança implantado no local tem permitido que os trabalhos decorram sem acidentes. Inicialmente foi pensada uma passagem em betão mas por razões de segurança o projecto foi alterado para a instalação de estruturas pré-fabricadas, que foram sendo encaixadas como um lego. Os trabalhos têm decorrido durante a noite, em alguns locais a mais de 20 metros de altura.
Primeiro foram feitos os nove pilares em betão armado. Depois em cima destes foram sendo encaixadas as sete peças dos tabuleiros pré-fabricados transportados para o local em camiões. Para a colocação dos tabuleiros foi preciso recorrer a três gruas fixas e várias gruas móveis de grandes dimensões. Só a colocação dos tabuleiros envolveu cerca de meia centena de trabalhadores. Os pilares têm mais de 20 metros de altura e pesam cada um cerca de 33 toneladas. A maior peça do tabuleiro pré-fabricada está colocada sobre a Estrada Nacional 10, tendo uma extensão de 35 metros e um peso de quase 100 toneladas.
Nas duas fases mais complexas da obra foi preciso cortar a circulação de comboios e automóveis, numa operação com alguma logística, que obrigou a polícia a desviar o trânsito pelo centro da vila. Em Novembro do ano passado, quando a solução dos tabuleiros em pré-fabricado foi apresentada em reunião de câmara, o presidente do município, Alberto Mesquita, disse equacionar a possibilidade de optar por esta solução em futuras passagens superiores no concelho. A passagem vai acabar com uma outra que existe a poucos metros. “A antiga passagem pedonal, que fica em frente aos prédios, será desmantelada, garantindo novas formas de segurança e acessibilidade”, explica António Oliveira.

A nova passagem superior pedonal inclui dois elevadores destinados às pessoas com mobilidade reduzida. A obra custa 1 milhão e 200 mil euros e faz parte do investimento global de 6,5 milhões de euros da requalificação da zona ribeirinha da Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa, inaugurada em Julho do ano passado. A expectativa do município é que a obra seja inaugurada no mês de Maio.

In Jornal "O MIRANTE" de 27 de Março de 2014

A AM (AÇOMONTA) APOIA UM DOS MAIORES EMBLEMAS HISTÓRICOS DO DESPORTO PORTUGUÊS

fotografia 1.JPGA AM patrocina desde a época desportiva 2012/2013 a Equipa Sénior de Rugby do Clube de Futebol “Os Belenenses”.

Mantemos a confiança e consideramos que esta nossa aposta é um contributo importante, que tem em conta os valores de sucesso e reputação que queremos ver associados à nossa marca: Respeito, Espírito de Equipa, Persistência, Vontade de Vencer.

Uma estratégia abrangente e uma aposta continuada que lhe tem valido lugar cativo junto de símbolos e momentos únicos.

"Os Belenenses" reúne estas características e sentimo-nos muito honrados em participar neste projecto, com tão forte componente de responsabilidade social.

REABILITAÇAO DO EDÍFICIO Nº5-7 NA AV. DA REPÚBLICA

O Consórcio Mota-Engil / HCI adjudicou à AM (Açomonta) a subempreitada de fornecimento da matéria-prima (Aço A500NR, SD) transformada e montagem na obra de reabilitação do Edifíco nº 5-7 da Av. da Republica, em Lisboa. O edifício actual é constituído por quatro corpos, sendo a fachada na Av. da República, n.º 5-7, e tardoz na Rua das Picoas, n.º 6. De salientar os trabalhos de demolição, fundações, escoramentos e reforços. As quantidades estimadas são da ordem de grandeza das 1.800 Ton. A obra deverá terminar em Agosto de 2014.

AMPLIAÇÃO DO ESTACIONAMENTO HOSPITAL DA LUZ - LISBOA

A OPWAY adjudicou à AM (Açomonta) a subempreitada de fornecimento, corte, molde e aplicação de aço A500NR, SD, para a ampliação do estacionamento do Hospital da Luz. Esta subempreitada será realizada em 7 meses, tendo sido iniciados os trabalhos em Março de 2014. As quantidades estimadas de armaduras são de 860 Ton e de armaduras em estacas 200 Ton.

VIADUTO SOBRE A AV. ANTERO DE QUENTAL - SETÚBAL

A FCM adjudicou à AM (Açomonta) a subempreitada de fornecimento, corte e montagem de aço A500NRSD, para o Viaduto sobre a Av. Antero de Quental - Setúbal.

As quantidades estimadas de armaduras são de 180 Ton e de armaduras em estacas 72 Ton. Esta subempreitada terá uma duração de 2 meses.

HOTEL AMANDUNA - COMPORTA

A NEODUNES ACE, liderada pela Neocivil/MSF/Opway adjudicou à AM (Açomonta) a subempreitada de fornecimento, corte, molde e aplicação de aço A500NR, SD, para a construção do AmanDuna Hotel & SPA, do Club House e do Centro de Recursos Naturais do Campo de Golfe Comporta Dunes, empreitadas que, no seu conjunto, atingem os 28 milhões de euros.

Esta é uma subempreitada a realizar em 7 meses, tendo-se iniciado os trabalhos em Fevereiro,  com uma quantidade estimada de 900 Ton.